Destaques

Cisvale ganha reforço do Sindicato da Construção Civil para reconstrução das cidades

today04/06/2024 23

Fundo
share close
Rádio Santa Cruz

Foto: Nascimento MKT

Escritório regional do Sinduscon-RS oferece ajuda com horas-máquina e na elaboração de anteprojetos urbanísticos para a construção de novas áreas residenciais para famílias atingidas pelas enchentes no Vale do Rio Pardo

O Consórcio Intermunicipal de Serviços do Vale do Rio Pardo (Cisvale), firmou uma parceria com o Sindicato das Indústrias da Construção Civil no Estado do Rio Grande do Sul (Sinduscon-RS), para ajudar na reconstrução dos municípios atingidos pelas enchentes. Pela proposta, firmada com o escritório regional da entidade, com sede em Santa Cruz do Sul, será viabilizada a atividade de horas-máquina, por meio de empresa associada da entidade. Além disso, o Sindicato coloca-se à disposição, por meio de outra associada, para atuar na linha de frente dos estudos de criação de espaços urbanos para receber habitações que serão construídas para famílias que perderam suas casas com as enchentes.

De acordo com a presidente do Consórcio, Sandra Backes, a nova parceria regional irá ajudar muito na tarefa de recriar áreas urbanas habitáveis para as populações que perderam suas casas. “São tantas as demandas e necessidades dos nossos municípios que uma ajuda como está torna-se essencial para que possamos dar início a retomada das cidades e oferecer esperança às famílias atingidas. Toda a ajuda conta e a região está sendo beneficiada com muitas ações positivas como esta. A oferta do Sinduscon-RS, por meio do seu escritório local, chega em um momento muito importante”, avalia a presidente.

Através desta parceria serão desenvolvidos dois tipos de serviços aos municípios. Por meio da empresa Terrafácil Terraplenagem, ficam disponíveis o uso de duas pás-carregadeiras, uma patrola e um trator de esteiras. “Alguns municípios perderam, inclusive suas máquinas que eram utilizadas para a realização destes serviços. Esta ajuda será mais que bem-vinda para auxiliar as nossas comunidades”, destaca Sandra.

Além das atividades de maquinário, a empresa GT Participações – associada do Sinduscon-RS – oferta análise das condições para implementação de novas estruturas urbanas, nas áreas destinadas pelos municípios para realocação das famílias que antes residiam em áreas alagáveis. Nesta proposta, a empresa irá desenvolver o anteprojeto urbanístico para a criação destes espaços, prevendo estimativas e estudos de custo das estruturas de pavimentação, instalação de rede de água, esgoto pluvial, estação de tratamento de efluentes e iluminação pública. “Todos estes estudos e projetos são o pontapé inicial para a urbanização de novos espaços. Com esta previsão de custos, as prefeituras terão a dimensão dos recursos necessários para a instalação destas novas áreas para as famílias desalojadas”, complementa Léa.

Conforme a vice-presidente e coordenadora do escritório regional do Sinduscon-RS, Giulia Tolotti, a catástrofe vivenciada pelo Rio Grande do Sul não teve precedentes, por isso a recuperação do estado depende de um trabalho que é coletivo. “Acreditamos que todos os esforços são necessários neste momento, e a indústria da construção é fundamental neste processo, mostrando a sua força e celeridade na busca de soluções. Foi neste sentido que o Sinduscon-RS buscou ao Cisvale para entender as demandas dos municípios e buscar formas mais eficientes de participar ativamente da reconstrução do estado, através de suas empresas associadas”, esclarece.

A solicitação destes serviços deve ser encaminhada diretamente ao Cisvale, que intermediará o contato com o escritório regional do Sinduscon-RS, com sede em Santa Cruz do Sul e as empresas parceiras da ação. O município de Venâncio Aires foi um dos primeiros a aderirem ao projeto, solicitando a ajuda para que possa ser elaborado o projeto da nova área urbana que será criada a partir das 40 casas – anunciadas como doação pelo Governo do Estado do Rio Grande do Sul – ao município ainda na sexta-feira, dia 24.

Escrito por Jornalismo

Rate it

Post anterior

Economia

Puxado pelo setor de serviços, PIB brasileiro cresce 0,8% no primeiro trimestre

O PIB (Produto Interno Bruto) do Brasil teve alta de 0,8% no primeiro trimestre deste ano em relação aos três meses anteriores. O setor de serviços puxou essa variação positiva, com elevação de 1,4%, principalmente devido às contribuições do comércio (3%), de informação e comunicação (2,1%) e de outras atividades de serviços (1,6%). A agropecuária cresceu 11,3%, e a indústria registrou uma pequena variação negativa (-0,1%), que é considerada estabilidade. […]

today04/06/2024 10

Comentários da publicação (0)

Deixe uma resposta

O seu email não vai ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *


Rádio Santa Cruz | Rua Ramiro Barcelos, 737 – Centro | Santa Cruz do Sul – RS / CEP 96810-054

0%