Notícias

Contas de luz em atraso até 30 de abril não sofrerão juros nem correção monetária, diz CEEE Equatorial

today20/05/2024 30

Fundo
share close

Em virtude das enchentes que assolam o Rio Grande do Sul há duas semanas, os moradores do Estado que estão com contas em atraso até o dia 30 de abril não terão juros ou correção monetária acrescidos em sua fatura. É o que destacou o presidente da CEEE Riberto Barbarena, em entrevista ao Jornal O Sul, na noite desse sábado (18).

“Diante dessa situação de calamidade que nós estamos, já foi aprovado que as contas vencidas, quando pagas não incidirão juros ou correção. Essa é uma outra medida pra gente poder trazer conforto e comodidade pra essas pessoas que foram bastante prejudicadas”, disse.

Barbarena salientou, ainda, que está em debate se haverá cobrança ou não das unidades consumidoras que foram afetadas diretamente pelas enchentes que até o momento vitimaram 155 pessoas no Estado.

“Essa é uma discussão que ainda não temos conclusão de como fazer isso. Somos uma concessão. O setor elétrico está muito sensível sobre o que está acontecendo aqui no Rio Grande do Sul. Acredito que dentro de 15 dias deveremos ter novidade em relação ao tema”, frisa.

A CEEE Equatorial informou, em seu boletim divulgado na tarde de sábado, que ainda haviam 88 mil clientes sem energia na área de concessão. Desses, 72 mil estão desligados por segurança, devido a áreas alagadas e atendendo a solicitações da Defesa Civil, do Corpo de Bombeiros e das prefeituras. Em Porto Alegre, conforme a concessionária, são 44 mil clientes nessas condições.

Centro de Porto Alegre

Após trabalhos realizados durante a quinta e a sexta-feira, o Centro Histórico de Porto Alegre voltou a ter energia elétrica em alguns trechos após duas semanas. Conforme a CEEE Equatorial, responsável por atender a área, afirma que cerca de 20 mil clientes tiveram a luz reestabelecida nos seguintes locais:

– Rua General Portinho
– Rua General Canabarro
– Rua Bento Martins
– Rua General João Manoel
– Rua Andrade Neves
– Rua General Câmara
– Rua Riachuelo
– Rua Jerônimo Coelho
– Rua Duque de Caxias
– Rua Vasco Alves
– Praça Marechal Deodoro

Conforme a concessionária, a energia elétrica foi desligada em duas áreas do Centro Histórico no dia 3 de maio por motivos de segurança, por conta da rede subterrânea do bairro que é interligada. Ainda segundo a CEEE Equatorial, para realizar a operação, foi necessário abrir as malhas de uma dessas áreas da rede, separar os cabos e fazer o ligamento parcial, algo considerado inédito pela empresa. A área central de Porto Alegre foi uma das mais afetadas pelas enchentes. A concessionária ainda trabalha para religar a energia no restante do Centro Histórico.

Fonte: O Sul

Escrito por Jornalismo

Rate it

Post anterior

Rádio Santa Cruz

Notícias

Governo gaúcho debate ações com prefeitos para reconstrução de rodovias no Vale do Rio Pardo

O secretário de Logística e Transportes do RS, Juvir Costella, comandou uma reunião com prefeitos do Vale do Rio Pardo neste domingo (19) na qual detalhou as ações do Estado para desobstruir, recuperar e reconstruir estradas e pontes destruídas na região. “Seguimos dialogando com os gestores municipais, que estão nos ajudando a diagnosticar os prejuízos em estradas e pontes. Em paralelo, nossas equipes estão atuando nas rodovias, em trabalhos de […]

today20/05/2024 20

Comentários da publicação (0)

Deixe uma resposta

O seu email não vai ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *


Rádio Santa Cruz | Rua Ramiro Barcelos, 737 – Centro | Santa Cruz do Sul – RS / CEP 96810-054

Websites: Magicpage

0%