Notícias

Debate sobre problemas ambientais urbanos marca programação da Semana do Meio Ambiente

today07/06/2024 11

Fundo
share close
Rádio Santa Cruz

Foto: Agência Invista na Sua Imagem

Evento na Unisc recebeu promotor Sérgio Diefenbach e professora Nina Moura

No Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado em 5 de junho, uma palestra realizada à noite no auditório do bloco 18 da Unisc abriu espaço para reflexões sobre a atuação da justiça, da ciência e dos órgãos públicos na prevenção e enfrentamento dos desastres ambientais que vêm acometendo, com cada vez mais frequência e intensidade, os vales do Taquari e Rio Pardo. Conduzido pelo promotor de justiça Sérgio Diefenbach e pela professora e pesquisadora Nina Moura, o debate integrou a programação da Semana do Meio Ambiente de Santa Cruz do Sul, que transcorre até o próximo sábado, 8, e tem suas discussões voltadas à temática “Abrace o Rio Pardinho”.

O espaço foi mediado pela secretária municipal de Meio Ambiente, Saneamento e Sustentabilidade, Simone Schneider, que chamou a atenção para a importância da colaboração coletiva a fim de superar as dificuldades atuais e prevenir futuras catástrofes. “Estamos enfrentando um dos maiores desafios do nosso estado, com perda de biodiversidade, degradação dos ecossistemas, perda de pessoas queridas e histórias de cidades inteiras. É fundamental que unamos esforços para proteger e conservar nosso lugar neste mundo”, avaliou.

Em sua explanação, Sérgio Diefenbach, que é promotor regional da Comarca Especializada em Meio Ambiente do Vale do Taquari, enfatizou a necessidade de ações coordenadas entre municípios, estados e União, para a criação de planos diretores e legislações urbanísticas que priorizem a sustentabilidade, mencionando a importância de planos de contingência, sistemas de alerta e monitoramento, e treinamento de trabalhadores e moradores para adaptação às mudanças. “Quando as populações se conectam aos fenômenos naturais, acontecem os desastres, como inundações, escorregamentos e vendavais. Por isso, são necessários planejamentos de ocupação urbana e humana”, analisou.

Já a professora Nina Moura abordou as dinâmicas naturais envolvendo os acumulados de chuva e seus reflexos nas bacias hidrográficas, bem como os processos de ocupação não planejada dos territórios. Professora do Departamento de Geografia e da Pós-Graduação em Geografia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, ela explicou que as cidades não estão preparadas para absorver a urbanização que se intensificou na segunda metade do século passado, com a mecanização do campo que gerou o êxodo rural e acentuou desigualdades sociais. “Nem todos são atingidos pelos desastres na mesma proporção”, argumentou, observando que as populações mais pobres são as que, de modo geral, mais sofrem com as intempéries climáticas. “As cidades que temos hoje foram construídas para a circulação de atividades econômicas e não para o bem-estar da população”, criticou.

Homenagem à atuação do Exército

A abertura do evento foi abrilhantada por uma apresentação da Banda do 7º Batalhão de Infantaria Blindado (BIB), que executou o Hino Nacional, o Hino Rio-Grandense e, ainda, as canções Aquarela e Querência Amada, como forma de homenagem ao Exército Brasileiro pela atuação efetiva na linha de frente de resgate e apoio às vítimas das inundações no Rio Grande do Sul.

Programação segue até sábado

A Semana do Meio Ambiente é uma realização do Município de Santa Cruz do Sul, do Instituto Lixo Zero e da Associação Comercial e Industrial (ACI), com apoio de Aquarius Flat Hotel.

A programação começou na segunda-feira, 3, com a abertura oficial na Procuradoria-Geral do Município. Ao longo da semana, foram desenvolvidas atividades de educação ambiental em diversas escolas e empresas. Na noite de quarta-feira, 6, também ocorreu o lançamento da obra Sanatório Kaempf, do geólogo ambientalista José Alberto Wenzel.

As atividades se encerram no sábado, 8, com a seguinte programação:

Desafio Solidário – Percurso de 6 e 12 km (corrida e caminhada)
meuResíduo / Hendurace / DS Eventos
Local de saída: Comunidade Nossa Senhora de Fátima – Cerro Alegre Alto
Horário: 9h
Inscrição: Pix Solidário ao Grupo do Bem

Drive-thru – Coomcat e Semass
Horário: 13h às 17h
Local: Em frente ao Parque da Oktoberfest

Pedal Solidário – 30 km
Horário: 14 horas
Local de saída: Praça da Pasqualini

Escrito por Jornalismo

Rate it

Post anterior

Rádio Santa Cruz

Notícias

Governo formaliza instalação de Centros Humanitários de Acolhimento em Porto Alegre e Canoas

O governo do Estado formalizou na tarde desta quinta-feira (6/6) a instalação de cinco Centros Humanitários de Acolhimento (CHAs) em Porto Alegre e em Canoas. A finalidade dos espaços será receber pessoas que perderam suas casas e que estão atualmente em abrigos provisórios. A assinatura foi feita pelo vice-governador e coordenador do gabinete de crise, Gabriel Souza, e pelos prefeitos Sebastião Melo e Jairo Jorge, nos endereços dos respectivos municípios que receberão […]

today07/06/2024 8

Comentários da publicação (0)

Deixe uma resposta

O seu email não vai ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *


Rádio Santa Cruz | Rua Ramiro Barcelos, 737 – Centro | Santa Cruz do Sul – RS / CEP 96810-054

0%