Destaques

Governo federal já pagou R$ 740,7 milhões em emendas parlamentares ao Rio Grande do Sul

today26/05/2024 24

Fundo
share close

Em meio às ações voltadas para a reconstrução do Rio Grande do Sul, o governo federal já autorizou o pagamento de R$ 740,7 milhões em emendas parlamentares ao estado.

Segundo painel da SRI (Secretaria de Relações Institucionais), a bancada gaúcha foi a que mais realizou repasses para socorrer o Estado. Ao todo, os parlamentares enviaram R$ 168,9 milhões em emendas.

Os recursos, que têm sido repassados desde o dia 2 de maio, serão destinados para ações de 25 ministérios, com destaque para o Ministério da Saúde e o Ministério do Desenvolvimento Social.

As emendas parlamentares contam com uma reserva no Orçamento federal para ser aplicado nas bases eleitorais dos parlamentares, conforme indicação dos deputados e dos senadores.

Remanejamento de emendas

Na última terça-feira (21), o governo federal abriu um prazo para que os parlamentares remanejem as emendas para ajudar na reconstrução do Rio Grande do Sul. O remanejamento, feito a partir das chamadas transferências especiais, poderia ser realizado até o sábado (25).

Segundo ofício da SRI, porém, pode haver atraso nos repasses em caso de “mudanças de beneficiário”. Para isso, sugere que os parlamentares apresentem uma retificação do repasse ao Ministério da Fazenda.

“Nos casos em que as emendas estejam alocadas em localizador específico fora do Rio Grande do Sul, o cancelamento de crédito na ação implicará a exclusão de todos os atuais beneficiários desse ciclo de pagamento, que será executado antes do período do defeso eleitoral.

Por fim, no caso de o autor da emenda já ter enviado ofício para o Ministério da Fazenda indicando novo beneficiário no Rio Grande do Sul, sugere a retificação do expediente enviado, com vistas a evitar atraso na liberação de recursos”.

Outras medidas legislativas

Além do repasse de emendas para o Rio Grande do Sul, parlamentares tem aprovado uma série de medidas para auxiliar no socorro à população.

Nesta semana, a Câmara dos Deputados aprovou um projeto de lei que permite o reembolso de shows e outros eventos cancelados por conta de chuvas no estado, aos moldes do que foi feito na pandemia de Covid-19.

Os deputados também aprovaram a isenção do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) — um tributo federal — sobre produtos da chamada “linha branca” a pessoas atingidas por desastres naturais ou eventos climáticos extremos.

Fonte: O Sul

Escrito por Jornalismo

Rate it

Post anterior

Internacional

Caminhões de ajuda devem começar a entrar em Gaza

Cerca de 200 caminhões de ajuda humanitária, incluindo quatro de combustível, deverão entrar em Gaza neste domingo (26), através da passagem de fronteira de Kerem Shalom. A informação é do chefe da Sociedade do Crescente Vermelho Egípcio no Sinai do Norte, Khaled Zaye, à Reuters. A Al Qahera News TV, afiliada ao governo egípcio, compartilhou um vídeo no site de mídia social X do que disse serem os veículos de […]

today26/05/2024 15

Comentários da publicação (0)

Deixe uma resposta

O seu email não vai ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *


Rádio Santa Cruz | Rua Ramiro Barcelos, 737 – Centro | Santa Cruz do Sul – RS / CEP 96810-054

Websites: Magicpage

0%