Rio Grande do Sul

Governo federal planeja medidas para amparar trabalhadores de empresas atingidas pelas enchentes

today18/05/2024 11

Fundo
share close
Rádio Santa Cruz

Foto: Kássia Machado / Rádio Santa Cruz

As enchentes que causam destruição em milhares de residências e deixam mais de meio milhão de desabrigados no Rio Grande do Sul, também atingem diversas empresas. Para evitar que os trabalhadores, mesmo que não tenham sido atingidos diretamente pelas chuvas, acabem impactados pelos prejuízos aos locais em que trabalham, medidas são pensadas pelo governo federal.

De acordo com o ministro extraordinário de Reconstrução do RS nomeado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Paulo Pimenta, ainda não há uma definição do que será implantado. Contudo, ele pontua que o governo trabalha para amparar as empresas e, consequentemente, seus colaboradores.

Entre as soluções provisórias que não foram descartadas pelo ministro, está a possibilidade de uma medida semelhante à suspensão temporária dos contratos de trabalho, implantada durante a pandemia. Esta foi uma das ações colocadas para amenizar a crise econômica e, à época, ajudar no distanciamento social.

A medida em questão fez com que o empregado deixasse de trabalhar temporariamente na empresa e que, durante o período, recebesse o Benefício Emergencial de Trabalho e Manutenção de Renda (BEm) do governo, ao invés do seu salário pago pelo empregador. A empresa, por sua vez, tinha o prazo de 120 dias para aplicar a suspensão nos contratos de trabalho de seus empregados.

Conforme o ministro, estas e outras questões são coordenadas pelo ministro da Economia, Fernando Haddad. Apesar de não confirmar esta possibilidade, ele também não descarta que ela possa ser adotada. “Não sei (quais as ações), mas estão sendo discutidas. Existem muitas outras medidas sendo pensadas. Quando estiverem prontas serão anunciadas”, respondeu Pimenta.

Fonte: Correio do Povo

Escrito por Jornalismo

Rate it

Post anterior

Destaques

Governo gaúcho estima R$ 14 bilhões de perda de arrecadação

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, estimou nesta sexta-feira (17), em R$ 14 bilhões a perda de arrecadação do Estado devido às enchentes. Leite pediu ajuda do governo federal para recompor esse montante. “Estudos preliminares da Secretária da Fazenda apontam a possibilidade de um impacto de cerca de R$ 14 bilhões na arrecadação do Estado”, disse Leite em entrevista coletiva em Porto Alegre, acrescentando que a estimativa […]

today18/05/2024 26

Comentários da publicação (0)

Deixe uma resposta

O seu email não vai ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *


Rádio Santa Cruz | Rua Ramiro Barcelos, 737 – Centro | Santa Cruz do Sul – RS / CEP 96810-054

0%