Notícias

Nível do Guaíba pode se tornar o maior da história

today03/05/2024 163

Fundo
share close

Na noite dessa quinta-feira (2), a água do Guaíba chegou a 3,37 metros no cais do Centro Histórico de Porto Alegre, maior nível desde a enchente de 1941. A chuva incessante e o fluxo de outros rios gaúchos ampliou o risco de um índice próximo de 5 metros já nas próximas horas: caso a projeção se confirme, a cidade terá novo recorde de enchente desde o início de seu povoamento pelo açorianos, em 1752.

A projeção foi repercutida pelo governador Eduardo Leite em transmissão virtual realizada à noite e já havia sido cogitada por especialistas. Para piorar o cenário, a Defesa Civil municipal divulgou novo alerta indicando grandes volumes de precipitação até o meio-dia da próxima segunda-feira (6).

Todas as comportas do sistema de contenção que costeia a orla da Capital até a Zona Norte foram fechadas. Por trás da estrutura, espaços como os armazéns do Cais já repetem as cenas de alagamento que preocuparam autoridades e população em setembro e novembro do ano passado.

“Estamos atuantes de forma ininterrupta em toda a cidade, mas pedimos atenção especial da população do Centro Histórico e 4º Distrito [Zona Norte]”, declarou o prefeito Sebastião Melo. “Evitem deslocamentos. O Guaíba está avançando e, apesar do fechamento das comportas do Cais Mauá, há chance de alagamentos nessas áreas.”

A situação motivou a prefeitura a decretar estado de calamidade pública, no fim da tarde, classificando o desastre climático como de nível 3 (grande intensidade). Com a medida, a administração municipal está autorizada a empregar todos os recursos materiais e humanos no atendimento emergencial à população e restabelecimento de serviços prioritários.

A Fundação de Assistência Social e Cidadania (Fasc) registra mais de 300 pessoas acolhidas em abrigos temporários. Na lista estão 238 moradores das região das Ilhas do Guaíba e que estão no centro de eventos Pepsi On Stage, próximo ao Aeroporto Internacional Salgado Filho (Zona Norte).

Já o Centro Social Padre Pedro Leonardi, no bairro Restinga, recebe 46 cidadãos, enquanto o Clube dos Correios, na Ponta Grossa, atende outros 20. Ambas as unidades estão localizadas na Zona Sul.

Cheias históricas

– 1873: 3,50 metros.
– 1914: 2,60 metros.
– 1928: 3,20 metros.
– 1936: 3,22 metros.
– 1941: 4,75 metros.
– 1967: 3,13 metros.
– 1984: 2,60 metros.
– 2015: 2,94 metros.
– 2016: 2,65 metros.
– 2023 (setembro): 3,18 metros.
– 2023 (novembro): 3,26 metros.
– 2024 (maio): 3,37 metros.

Fonte: O Sul

Escrito por Jornalismo

Rate it

Post anterior

Rio Grande do Sul

Governo reativa canal de doações via Pix para auxílio às vítimas das enchentes

Diante da situação de calamidade pública enfrentada no Estado, o governo gaúcho reativou o canal de doações para a conta SOS Rio Grande do Sul. Foi restabelecida a chave Pix (CNPJ: 92.958.800/0001-38), a mesma utilizada no ano passado, vinculada à conta bancária aberta pelo Banrisul. As contribuições em dinheiro podem ser feitas por pessoas físicas e jurídicas que tenham condições de ajudar as vítimas das enchentes. A gestão e fiscalização […]

today03/05/2024 124

Comentários da publicação (0)

Deixe uma resposta

O seu email não vai ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *


Rádio Santa Cruz | Rua Ramiro Barcelos, 737 – Centro | Santa Cruz do Sul – RS / CEP 96810-054

Websites: Magicpage

0%