Notícias

No Rio Grande do Sul, presidente Lula e ministro Waldez Góes reforçam ações de apoio à população

today03/05/2024 49

Fundo
share close

Em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, o ministro da Integração e do Desenvolvimento Regional, Waldez Góes, participou, nesta quinta-feira (2), de reunião com o presidente Lula sobre as ações de apoio ao estado afetado pela chuva. Também participaram da reunião outros ministros, prefeitos e o secretário nacional de Proteção e Defesa Civil, Wolnei Wolff.

O presidente prestou solidariedade ao povo gaúcho e aos familiares das vítimas. Lula também garantiu o compromisso de todos os ministros para minimizar o sofrimento causado pelo desastre. “O Governo Federal não vai poupar esforços para ajudar o Rio Grande do Sul, vamos trabalhar arduamente e estamos à disposição do estado. Não vamos permitir que falte recursos para o reparo dos danos causados pela chuva”, ressaltou Lula.

Prioridade: salvar vidas

O presidente destacou ainda a importância da atuação do governo em uma única base. “Vamos concentrar os dados em apenas um ponto, um único comando, para evitar informações truncadas. Reforço que, neste primeiro momento, salvar vidas é a nossa prioridade. Depois, temos que fazer uma avaliação dos dados e, a partir disso, buscar recursos. Não vai faltar esforço para cuidar da saúde, alimentação e transporte da população afetada”, acrescentou.

O ministro Waldez Góes ressaltou o trabalho dos técnicos da Defesa Civil Nacional no estado. “Nossa equipe está em campo e outros técnicos vão chegar hoje para ajudar e garantir agilidade na aprovação dos planos de trabalho dos municípios, o que vai dar velocidade aos processos”, disse o ministro, reforçando a permanência do secretário Wolnei Wolff no estado.

Até a publicação desta matéria, foram registradas 13 mortes, 10.211 pessoas desalojadas e 149 municípios afetados. Nenhum decreto federal de situação de emergência foi publicado até o momento.

Apoio operacional

Nesta quinta-feira (2), uma nova reunião do Sistema Federal de Proteção e Defesa Civil será realizada com agências federais para discutir as novas condições meteorológicas, o trabalho das equipes em campo e outras ações de resposta ao desastre.

Técnicos do Grupo de Apoio a Desastres (Gade), da Defesa Civil Nacional, estão no Rio Grande do Sul para atuar nos locais mais atingidos pela chuva. A equipe do Gade trabalha em conjunto com as defesas civis municipais e estadual, para acelerar os processos de solicitação e liberação de recursos federais para ações de socorro e assistência humanitária.

Escrito por Jornalismo

Rate it

Post anterior

Clima

Em reunião, órgãos de segurança demonstram preocupação com áreas de risco

Nesta quinta-feira, 2, no auditório da Procuradoria Geral do Município, ocorreu a quarta reunião do Gabinete de Gerenciamento de Crise. Inicialmente, a prefeita Helena Hermany, que conduziu o encontro, elogiou o empenho de todos. “Agradeço o esforço de cada um que tem nos ajudado nesse período tão difícil. Santa Cruz enfrenta um momento desafiador, mas vamos superar, todos juntos, essa adversidade”, disse. Já o secretário de Segurança e Mobilidade Urbana, […]

today03/05/2024 45

Comentários da publicação (0)

Deixe uma resposta

O seu email não vai ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *


Rádio Santa Cruz | Rua Ramiro Barcelos, 737 – Centro | Santa Cruz do Sul – RS / CEP 96810-054

Websites: Magicpage

0%