Agricultura

Região recebe visitas técnicas do SuperAção Agro Rio Grande do Sul

today31/05/2024 16

Fundo
share close

Nesta semana, a Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e a Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul (Farsul) iniciaram uma importante missão: uma série de visitas aos produtores e às áreas atingidas pelas enchentes no Rio Grande do Sul, com o objetivo de traçar um diagnóstico da situação no meio rural.

Participaram o diretor geral do Senar, Daniel Carrara; seu chefe de gabinete, Valmor Júnior; o presidente da Farsul, Gedeão Pereira; o superintendente do Senar/RS, Eduardo Condorelli; o presidente do Sindicato Rural de Santa Cruz do Sul, Marco Antonio dos Santos; e equipe técnica. A comitiva se dividiu em grupos para identificar as principais culturas prejudicadas em municípios como Santa Cruz do Sul e Sinimbu.

A iniciativa faz parte do SuperAção Agro Rio Grande do Sul, programa criado para ajudar a reconstruir e recuperar a agropecuária no Estado e para que os produtores rurais voltem a produzir alimentos.

As equipes do Senar vão ajudar os produtores em todos os estágios das necessidades produtivas, que vão desde o inventário das perdas, manutenção de maquinários, Assistência Técnica e Gerencial (ATeG), entre outras.

“Com prejuízo estimado de R$ 3 bilhões e mais de 7 mil produtores impactados, a situação é desoladora. SuperAção Agro Rio Grande do Sul é mais do que uma resposta. É um compromisso com a recuperação da nossa agropecuária e o futuro dos nossos produtores. Diante de tanta destruição, é difícil saber por onde começar, mas a princípio é pegar o produtor rural que a gente faz assistência, atender ele e o entorno. É essa a prioridade”, disse o diretor geral do Senar.

O Senar vai disponibilizar R$ 100 milhões nas ações que incluem o envio de 300 profissionais, entre técnicos e instrutores de vários estados, para reforçar a equipe que já está no Rio Grande do Sul.

Marco Antonio dos Santos explica que os sindicatos rurais serão os responsáveis locais pelas ações. “Cada sindicato tem o compromisso de fazer o programa funcionar na sua região. Estamos fazendo um grande esforço para que as ações aconteçam da melhor forma possível”, disse.

Escrito por Jornalismo

Rate it

Post anterior

Rádio Santa Cruz

Destaques

Mais de 620 mil pessoas ainda estão fora de casa no Rio Grande do Sul

O maior desastre climático do Rio Grande do Sul — que teve a primeira grande chuva em 27 de abril e que começou a se agravar dois dias depois — completou um mês nesta semana. Como saldo desta tragédia, o Estado registra 169 mortes, 806 feridos e 44 pessoas desaparecidas até o momento. De acordo com boletim da Defesa Civil estadual sobre as enchentes, divulgado às 9h desta quinta-feira (30), […]

today31/05/2024 19

Comentários da publicação (0)

Deixe uma resposta

O seu email não vai ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *


Rádio Santa Cruz | Rua Ramiro Barcelos, 737 – Centro | Santa Cruz do Sul – RS / CEP 96810-054

Websites: Magicpage

0%