Agricultura

Vereador sugere criação de programa de recuperação de renda para pequenos agricultores

today21/05/2024 39

Fundo
share close
Rádio Santa Cruz

Foto: Jacson Stülp

O vereador Rodrigo Rabuske (PL) está sugerindo que o município crie um programa de recuperação de renda para pequenos produtores rurais e produtores produtores orgânicos atingidos pelos desastres naturais no município.

Segundo o vereador, a criação de um programa para recuperação da renda e meios de produção dos pequenos produtores rurais, o que inclui pequenos agricultores, pequenos pecuaristas, dentre outras produções rurais, e os produtores orgânicos, incluindo os feirantes, atingidos pelos desastres naturais das enchentes, deslizamentos, vendavais e temporais de granizo, se faz necessário no cenário atual.

“Este programa deve buscar a reestruturação oferecendo auxílio econômico, assim como, subsídios para a viabilização de financiamentos bancários, que possibilite a estes pequenos produtores que ficaram prejudicados de exercer suas atividades, a capacidade mínima para retomada e investimentos na reconstrução de suas propriedades”, observa Rabuske.

O vereador requer que a medida deve ser implementada de maneira célere, possibilitando rapidamente o acesso a estes recursos, para viabilizar a recuperação em menor tempo possível, para que estes pequenos produtores não tenham suas próximas safras e/ou produções inviabilizadas em decorrência de burocracias ou dificuldades no recebimento de auxílios.

“Sabe-se dos imensos desafios enfrentados pelos homens e mulheres do campo, que diuturnamente trabalham para abastecer todas as cidades e produzir a matéria base de grande parte das exportações brasileiras, não dispondo, em grande parte das propriedades, de seguro, benefícios governamentais e nem incentivos fiscais”, complementa.

Relatório

Assim Rodrigo ressalta que neste momento de grandes dificuldades e desafios enfrentados, não se pode esquecer desta peça fundamental nas engrenagens da sociedade. Ele cita que um relatório desenvolvido pela Secretaria de Agricultura (Seagri) e a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater/RS), com base em vistorias realizadas a campo, traz uma estimativa dos prejuízos gerados pelos alagamentos, granizo e vendavais de grande intensidade à cadeia produtiva, chegando a um valor total estimado superior a R$ 42 milhões.

O relatório aponta que o município apresenta um cenário de crise devido ao excesso de chuvas, que prejudicou as culturas no período e as criações de animais, além dos danos causados às infraestruturas domiciliares e produtivas. O documento aponta perdas diretas e indiretas nas lavouras de milho, arroz, soja, olericultura, fruticultura, e nas atividades relacionadas à bovinocultura de leite e de corte, à suinocultura e à produção de aves.

Ainda foram registrados prejuízos à infraestrutura produtiva, galpões, estufas, além de açudes e reservatórios de água para hidratação animal. As estimativas de perdas são de 25% para os grãos de milho e silagem; 100% para a soja e o arroz; 90% para hortaliças diversas; e 30% na fruticultura. Na pecuária, calcula-se em 5% as perdas entre bovinos de corte e 40% entre o gado leiteiro, com mortalidade de 5% do rebanho e perda de 25% das pastagens.

Na apicultura, a elevação das águas provocou danos às colmeias e à produção. Em relação à infraestrutura produtiva, foram identificados danos em açudes, galpões, silos secadores, de armazenagem e de silagem, entre outros. Também ocorreram perdas de equipamentos e maquinários, muitos em áreas de colheita, devido ao rápido acúmulo de água.

“O município foi consideravelmente atingido pelas enchentes e demais desastres naturais, conforme oficializado através do Decreto nº 12.024, de 2 de maio de 2024, que declarou Estado de Calamidade Pública – desastre nível 2, nas áreas do município afetadas pelo evento adverso das chuvas intensas, e isso exige um intenso trabalho de recuperação da renda e meios de produção de diversos setores da economia, , mas deve ser dedicada uma atenção especial também os pequenos produtores rurais que ficaram impossibilitados ou prejudicados de exercer suas atividades”.

Escrito por Jornalismo

Rate it

Post anterior

Rádio Santa Cruz

Destaques

Brasil ultrapassa 5 milhões de casos prováveis de dengue

O Brasil já contabiliza 5.100.766 casos prováveis de dengue em 2024. O número representa mais que o triplo dos casos prováveis da doença identificados ao longo de todo o ano passado, quando foram registrados 1.649.144 casos. Dados do painel de monitoramento de arboviroses mostram que o país registra ainda 2.827 mortes por dengue e 2.712 óbitos em investigação. O coeficiente da doença, neste momento, é de 2.511 casos para cada […]

today21/05/2024 26

Comentários da publicação (0)

Deixe uma resposta

O seu email não vai ser publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *


Rádio Santa Cruz | Rua Ramiro Barcelos, 737 – Centro | Santa Cruz do Sul – RS / CEP 96810-054

0%